Feeds:
Posts
Comments

Archive for February, 2019

Publilius Syrus

 

  • The judge is condemned when the guilty is absolved. (Iudex damnatur ubi nocens absolvitur.)
  • He doubly benefits the needy who gives quickly. (Inopi beneficium bis dat, qui dat celerity.)
  • He who helps the guilty, shares the crime.
  • Fortune is like glass—the brighter the glitter, the more easily broken.
  • Pardon one offence and you encourage the commission of many.
  • Whom Fortune wishes to destroy she first makes mad. (Stultum facit fortuna, quem vult perdure.)
  • Confession of our faults is the next thing to innocence. (Proximum ab innocentia tenet locum verecunda peccati confession.)

 

  • Anyone can hold the helm when the sea is calm.
  • It is only the ignorant who despise education.
  • I often regret that I have spoken; never that I have been silent.
  • No one knows what he can do until he tries.
  • There are some remedies worse than the disease.
  • To do two things at once is to do neither.
  • While we stop to think, we often miss our opportunity.
  • An angry man is again angry with himself when he returns to reason.
  • What is left when honor is lost?
  • Many receive advice, few profit by it.

 

  • “Aquele que não impede um crime é cúmplice dele.”  (Factum tacendo, crimen facias acrius.)
  • “O juiz é condenado quando o culpado é absolvido.” (Iudex damnatur, cum nocens absolvitur.)
  • “Por muito longa disputa perde se a verdade.” (Nimium altercando veritas amittitur.)
  • “Tato não pode ser ensinado; é inato.”  (Pudor doceri não potest, Nasci potes.)
  • “O plano que não pode ser mudado não presta.”   (Malum est consilium, quod mutari non potest.)

 

 

  • “Aquele que tem coragem para enfrentar os perigos vence-os antes que eles o ameacem.”
  • “Jamais se deleite com a desgraça do outro.”
  • “Ama os teus pais, se são justos e honestos; caso contrário, suporta-os.”
  • “Não há prazer que se dure se não for reanimado pela variedade.”
  • “O medo nunca levou ninguém ao topo.”
  • “Nada desejamos tanto como aquilo que não é consentido.”
  • “O ouro aumenta a sede do ouro, e não a estanca.”
  • “Quando o mar está calmo todo o mundo pode ser timoneiro.”
  • “Quem decide praticar um mal, encontra sempre um pretexto.”
  • “Não se pode calçar o mesmo sapato em todos os pés”.
  • “Uma fortuna grande é uma grande escravidão para seu possuidor.”
  • “Divida o fogo e você logo o extinguirá”.
  • “Ninguém sabe do que é capaz até que tenta.”
  • “Fagulhas não assustam filhos de ferreiros.”
  • “Deve temer a muitos aquele a quem muitos temem.”
  • “Nunca esqueças os benefícios recebidos, mas esquece rapidamente os que fizestes.”
  • “O juiz é condenado quando o culpado é absolvido.”  – Iudex damnatur, cum nocens absolvitur.

 

 

(more…)

Advertisements

Read Full Post »